Como usar o teste de perfil comportamental no processo seletivo?

teste de perfil comportamental no processo de seletivo

A tarefa mais difícil para o RH é encontrar a pessoa certa para o trabalho.

O perfil ideal para uma oportunidade de trabalho requer mais do que apenas analisar o perfil técnico de um colega. 

Também exige que você analise seu comportamento e avalie suas competências.

A Page Personnel (uma das maiores empresas de recrutamento do mundo) relata que 9 em cada 10 profissionais contratados são demitidos por causa de seu comportamento. Estes dados são preocupantes quando consideramos o custo total de contratar e demitir.

As pessoas que não são valorizadas pela empresa e seus valores acabam deixando a empresa porque não se sentem parte da cultura.

A compreensão dos perfis de comportamento é crucial, pois tem um impacto direto na taxa de rotatividade.

Neste post, nossa ideia é mostrar a você “Como usar o teste de perfil comportamental no processo de seleção”.

Para facilitar a sua leitura, o artigo foi dividido da seguinte forma:

Vamos lá?

O que é o perfil comportamental?

O perfil comportamental descreve o método utilizado para interpretar o comportamento de um funcionário quando confrontado com estímulos específicos. É assim que se pode identificar as reações do funcionário a determinados estímulos.

Você deve estar ciente de que a personalidade tem um grande impacto sobre a postura da pessoa.

Sua experiência profissional e seu conhecimento também desempenham um papel significativo. Este perfil é composto tanto de duro (técnico) quanto de suave (comportamental).

Estas são as coisas que fazem de um profissional um candidato completo para um emprego ou cargo. Isto pode levar à desmotivação, à falta de engajamento e, pior ainda, em alguns casos, a ser designado em um local diferente daquele esperado.

É óbvio, portanto, como todos estes elementos interagem. Um recrutamento bem sucedido resultará na seleção do candidato certo para o cargo. 

Esta pessoa deve ter o perfil exigido em termos de aspectos técnicos e comportamentais.

Quando uma pessoa está satisfeita com o trabalho que faz, é mais fácil ser produtivo e mais eficiente. Isto resultará em melhor imagem organizacional e bons resultados.

Este processo pode ser auxiliado ou dificultado por muitos outros fatores. Uma análise dos perfis comportamentais é o primeiro passo para a formação de uma equipe de alto desempenho.

Por que o perfil comportamental é importante no processo seletivo?

O capital humano é o ativo mais precioso de uma empresa. Portanto, a administração está mais preocupada em cuidar de seu pessoal.

O capital humano pode ser definido como a capacidade de adquirir conhecimentos e habilidades que são essenciais para o desempenho profissional de um funcionário.

A gestão comportamental é a gestão de pessoas que usa o comportamento para ajudar a desenvolver as competências dos funcionários. Ele ou ela produzirá mais e terá um efeito direto sobre o sucesso da empresa.

A gerência de RH pode identificar os pontos fortes e limitações de cada funcionário, analisando o perfil comportamental. Com estas informações, é possível construir melhores equipes e aumentar a produtividade.

5 Benefícios do mapeamento do perfil comportamental

PerfilComportamental

Uma empresa pode mapear seu perfil comportamental e colher muitos benefícios que superam em muito os custos de conduzir essas avaliações durante o processo de seleção, bem como o monitoramento dos funcionários.

Descubra abaixo os benefícios do mapeamento do perfil comportamental:

1. Redução da rotatividade

A reputação e a marca da empresa podem ser prejudicadas pelo volume de negócios.

Este índice pode ser controlado medindo o perfil de comportamento para que a empresa possa contratar mais pessoas que estejam de acordo com a cultura da empresa.

Se você já estiver empregado, é possível incluí-las em atividades e equipes mais alinhadas com suas habilidades, assim, isto aumenta seu tempo de contratação.

2. Aumento da produtividade

O reconhecimento da soft skills (habilidades comportamentais relacionadas a maneira como o profissional lida com o outro) dos profissionais permite que você os atribua a tarefas que sejam capazes de tirar proveito dessas habilidades. 

Dessa forma, estes funcionários podem ser engajados e mais produtivos, o que resultará em produtos/serviços de maior qualidade.

3. Maior autoconhecimento

As avaliações do perfil comportamental não são apenas positivas para a empresa.

Sendo assim, estes testes podem ser usados para avaliar as atitudes e reações dos funcionários, assim como ajudá-los a adotar comportamentos favoráveis à carreira.

4. Estimula o planejamento estratégico

Os gerentes são capazes de usar os resultados das avaliações de perfil para identificar aqueles com maior potencial de liderança e planejar um caminho de carreira consistente.

Dessa forma, estas informações também podem ser utilizadas como feedbacks em conjunto com avaliações de desempenho para a estratégia de desenvolvimento de um indivíduo.

5. Economia de tempo e dinheiro

As organizações podem economizar recursos significativos, sendo mais precisas em seu processo de seleção e tirando proveito das habilidades emocionais dos funcionários.

É possível reduzir os custos trabalhistas através da redução dos despedimentos. Além disso, é possível utilizar o tempo de forma mais inteligente, o que resultará em maior produtividade dos funcionários.

Saiba mais sobre os perfis comportamentais

PerfisComportamentaisDISC

Os quatro perfis principais são: comunicador, executor, planejador e analista.

Há muitas combinações possíveis de predomínio em diferentes níveis, como veremos a seguir neste artigo.

Comunicadores

Os comunicadores são ativos, extrovertidos, bem falantes e têm boa adaptabilidade.

Ao passo que este perfil é bom na comunicação e pode se mover rapidamente entre assuntos. 

Assim sendo, estas pessoas desfrutam de autonomia e movimento.

Eles também dependem do contato interpessoal e da harmonia, mas não gostam de ser ignorados. Ao passo que, eles gostam de ser amigos de todos, e trabalham bem em equipe. 

Aliás, elas são seguras de si mesmas e amam suas projeções sociais e pessoais. Eles são criativos e artísticos, bem como têm uma atitude rápida e ágil.

Executores

Os executores têm uma perspectiva positiva e são enérgicos. Eles são líderes naturais que não temem assumir riscos e enfrentar dificuldades. 

Além disso, eles são trabalhadores, têm um grande físico e demonstram muita perseverança e determinação.

Este perfil também é conhecido por ser competitivo, capaz de completar suas tarefas rapidamente e focado em resultados.

Planejadores

Os planejadores são silenciosos, calmos, cuidadosos, autocontrolados e meticulosos.

Eles são confortáveis com rotinas e seguem regras estabelecidas. Isto os faz sentir-se melhor quando estão rodeados de pessoas mais ativas e enérgicas. 

Não apenas isso, eles são flexíveis, têm um ritmo consistente e são disciplinados. Indo além disso, são pacientes, atentos e passivos.

Outra coisa, eles agem com calma em situações de emergência. Eles são introvertidos e possuem uma calma que os torna fáceis de relacionar.

Analistas

Os analistas podem ser rígidos e ansiosos, mas também são calmos. Eles se comportam de forma discreta com as pessoas. Assim, eles tendem a ser calmos e reservados, bem como eles são pessimistas.

Uma característica positiva dessas pessoas é sua capacidade criativa. Além da inteligência e agilidade, elas também têm senso aguçado e atenção aos detalhes

Além disso, elas podem ser habilitadas em tarefas detalhadas e improvisações rápidas, mas preferem trabalhar com o estímulo dos outros.

Aliás, estas pessoas são leais e comprometidas e trabalham bem nas operações diárias das empresas. 

Dessa forma, eles são capazes de identificar oportunidades e fornecer soluções imediatas para questões urgentes.

Aplicando o teste de perfil de comportamento no processo seletivo

RH-TestePerfilComportamental

Para aplicar o teste de perfil comportamental em meu processo seletivo, o RH precisará seguir 5 passos:

1. Explore as opções do mercado

Há muitos testes de perfil comportamental disponíveis no mercado atual. 

Ao passo que você precisa ler análises dos clientes e aprender sobre a empresa e os produtos a fim de garantir que estes testes sejam eficazes. 

Além disso, você deve conduzir um teste a fim de determinar a qualidade do feedback e do mapa.

Leia também: Vantagens de contratar uma empresa com suporte humano

2. Use o mapeamento com seus funcionários

Depois de decidir sobre o teste de perfil comportamental que você quer adquirir, é hora de começar a aplicá-lo a seus funcionários.

O RH pode então identificar perfis de alto desempenho e determinar quais competências são necessárias para contratar uma pessoa que tenha alto desempenho.

3. Criar um script dos trabalhos

É essencial mapear seus colaboradores e criar uma espécie de script da vaga prevista. Isso permitirá aos RH identificar e comparar perfis de alto e baixo desempenho para cada cargo.

Além disso, é possível determinar as competências essenciais necessárias para um determinado cargo. Então, o sistema será capaz de combinar as habilidades dos candidatos com os requisitos para o cargo.

Este é um processo mais complexo. Por isso, muitas empresas utilizam software para ajudá-las a criar este script.

Para poupar tempo, empreendedores preferem terceirizar esta operação, e assim contam com uma consultoria especializada que realiza o mapeamento das funções sem prejudicar o fluxo de trabalho na empresa.

4. Os candidatos devem ser mapeados

Certo, após criar o script detalhado do trabalho, aplicar dinâmicas e testes para análise de competência técnica específicos para o cargo designado, é o momento de mapear os candidatos.

Ao passo que o teste de perfil comportamental será administrado logo em seguida para determinar se o candidato possui as habilidades comportamentais e técnicas necessárias para ter sucesso no cargo.

5. Desenvolver e treinar

Uma vez contratado o candidato, é importante ter em mente que o processo não termina aí. Você deve continuar a desenvolver e treinar o candidato para ser um funcionário de alto desempenho.

Além de motivá-lo com apreço, esta ação mostra que ele não é apenas um número para a empresa, mas um talento valioso para ajudar a mover as rodas da empresa.

Aqui na SparkOne, ensinamos aos empreendedores que compreender a importância do perfil comportamental durante o processo de seleção, é o primeiro passo para gerar vários benefícios e impactos positivos na empresa.

O RH será então capaz de avaliar as hard skills (conhecimentos técnicos adquiridos pela experiência, em cursos de formação específica ou em sala de aula) do candidato, bem como suas soft skills e determinar como ele irá lidar com diferentes situações.

Vale destacar que este é um passo crucial para determinar se o candidato se ajustará ao processo da empresa.

Você sabia que através da Consultoria SparkOne, selecionamos e auxiliamos a contratar os colaboradores ideais para sua empresa?

Entre em contato conosco e saiba mais.

O que você achou? Gostou do post? Deixe um comentário aqui compartilhando suas experiências ou dúvidas, irei adorar lhe responder!