10 Sinais para identificar colaboradores desengajados

colaborador_engajado

Os supervisores devem prestar muita atenção no engajamento de seus colaboradores. Normalmente, o primeiro sinal de que os colaboradores estão desengajados, é uma queda na produtividade da equipe. 

Enquanto cada pessoa pode se sentir motivada por diferentes fatores, incluindo remuneração, benefícios, planejamento de carreira e colegas de trabalho; a insatisfação pode muitas vezes começar com um funcionário, e depois se espalhar para toda a equipe. 

Isto pode muitas vezes passar despercebido na correria diária do trabalho. No entanto, é importante estar atento.

Este é o caso de sua equipe ou empresa? Bem, se sim, continue lendo para aprender a notar os sinais para identificar colaboradores desengajados.

O que é motivação no ambiente de trabalho?

O reconhecimento e a motivação no trabalho têm se mostrado fatores cruciais para motivar os funcionários. Eles permitem uma maior sinergia da equipe e um melhor desempenho dentro de suas funções.

Embora não sejam utilizadas por muitas grandes empresas nos Estados Unidos e no exterior, as estratégias de incentivo podem ser muito úteis quando é hora de reformular e otimizar os grupos de trabalho. Elas também trazem bons resultados para funcionários e gerentes.

Ao passo que conversar com seus subordinados pode ajudá-lo a implementar a motivação. Assim, entender como os funcionários vêem o reconhecimento de seu trabalho ajuda os gerentes a escolher as melhores técnicas de motivação. Isto facilita a eles darem feedback.

Além disso, profissionais podem avaliar o sucesso das ações de reconhecimento, analisando o nível de satisfação em suas equipes de trabalho. Em seguida, eles podem ajustar sua estratégia de acordo com os itens de maior sucesso.

Qual a importância da motivação no trabalho?

motivação_no_trabalho

A motivação está diretamente ligada à produtividade. É vital que toda a equipe permaneça motivada para sua saúde e para o bem-estar da empresa.

Funcionários desmotivados, são sinônimo de baixa produtividade, mas eles também indicam que os colaboradores estão trabalhando em ambientes hostis.

Os funcionários desmotivados são mais propensos a procrastinar, estar menos atentos e a cometer erros. O compromisso e a satisfação dos funcionários com a empresa são afetados por sua desmotivação.

Isto ocorre porque as pessoas que não têm motivação para fazer seu trabalho, afetam negativamente sua autoestima profissional e se sentem menos valiosas na empresa.

Dessa forma, os funcionários e as equipes terão um melhor desempenho se estiverem motivados.

1. Queda de desempenho

Considere um profissional que sempre é pontual, que completa seu trabalho rapidamente e que sai após o horário de trabalho

Mas, com o tempo, ele passa a entregar o que era necessário, mesmo que seja incompleto ou após o prazo estipulado. Isto é o que acontece em seu negócio?

Este é o profissional que uma vez se orgulhou de vestir a camisa da empresa, e que também demonstrou grande dedicação. Ele também pode estar entre aqueles colaboradores desmotivados.

É importante identificar o que o motiva, tomar medidas para salvá-lo de ficar para trás e evitar que esta perda de produtividade o leve a ser demitido.

Leia também: Liderança Inovadora: saiba como você pode promover um ambiente de inovação dentro de sua empresa.

2. Muitos conflitos na equipe

A falta de motivação pode levar a atritos e desentendimentos entre os membros de sua equipe. Sim, é possível que um colaborador demonstre insatisfação por seu ambiente de trabalho.

Além de monitorar o desempenho quantitativo de cada funcionário da empresa, também é importante prestar atenção às relações interpessoais. Os líderes devem ser capazes de administrar e evitar que conflitos prejudiquem o clima organizacional.

Aliás, as brigas entre os funcionários podem causar um ambiente de trabalho negativo.

Não apenas isso, elas se desviam dos verdadeiros objetivos dos funcionários e drenam suas energias.

3. Colaboradores desengajados podem levar a ausências injustificadas

Essas ausências podem ser pela mais simples das razões, ou até mesmo falsas. 

Assim, você precisa estar ciente de que a ausência constante pode indicar desmotivação. 

Muitas vezes pode afetar o desempenho de profissionais de qualidade, que se sentem menos valorizados e não querem realizar certas tarefas.

4. Atrasos constantes

Pense em um profissional que tenha sido um exemplo para a equipe. Ele ou ela entregariam os resultados conforme o combinado, teriam sempre boas ideias e nunca se atrasariam. Mas, com o tempo, ele ou ela pode parar de contribuir com sugestões e passar a se atrasar para os compromissos.

Este é um alerta de que o profissional encontra-se desmotivado. Ele não pode ou não quer ser mais produtivo para melhorar os resultados da empresa.

5. Rotatividade de pessoal

rotatividade_de_funcionarios

A rotatividade é um indicador claro de que há desmotivação dentro de uma empresa ou em um setor em particular. 

É uma indicação de que há algo errado quando muitas pessoas passam por uma empresa sem permanecer por longos períodos de tempo.

Aliás, uma pesquisa de clima pode ser uma boa maneira de determinar o que precisa mudar no gerenciamento de pessoas, para que sua empresa atraia e retenha os melhores talentos.

6. Cansaço e desânimo

O baixo humor pode ser indicativo de colaboradores desengajados, mesmo que um funcionário apresente bons resultados e mantenha uma boa relação de trabalho com seus colegas.

Esteja ciente de que as pessoas têm perfis comportamentais diferentes. Isto significa que o mesmo problema pode se manifestar de forma diferente em cada pessoa. Algumas pessoas podem ser mais agressivas ou mostrar animosidade, enquanto outras podem demonstrar uma diminuição do entusiasmo.

Não há como ser feliz o tempo todo. A vida diária pode ter um impacto em sua felicidade. É aqui que reside o problema: quando este sentimento se instala, pode se tornar um infortúnio para o funcionário.

Outro sinal mais grave, que vai além de um desânimo, é a “Síndrome de Burnout “. Esta é uma condição relacionada à exaustão mental e física no trabalho. É uma condição comum que afeta cerca de 30% dos trabalhadores de acordo com pesquisas feitas pela filial nacional, a International Stress Management Association (ISMA).

Um empregador que se preocupa com seus empregados deve proporcionar um ambiente de trabalho seguro e agradável. Isto ajuda a evitar condições graves como a “Síndrome de Burnout”, quando o cansaço se torna uma doença.

7. Procrastinação

A procrastinação se tornou um termo comum. Qualquer pessoa que conheça alguém que adie seu trabalho até o último minuto pode lhe dizer que a procrastinação pode ser um problema na vida cotidiana.

A procrastinação no trabalho pode ser fatal para os profissionais modernos. Embora as pausas sejam necessárias para produtividade e foco, a tendência de procrastinar no ambiente empresarial pode reduzir seu potencial de crescimento e prejudicar sua capacidade de fazer o trabalho.

8. Contribuição discreta em reuniões

Como este profissional não se compromete com o plano de longo prazo, sua participação em reuniões e sugestões de ideias para melhorar o processo de planejamento da empresa é muito discreta. 

Ele pode deixar a empresa ou ter questões particulares, o que é uma clara indicação de que ele pensa apenas a curto prazo.

No entanto, é um sinal de que o setor de RH ou a gerência deve estar ciente e tomar medidas para auxilia-lo, se necessário.

9. Feedback inadequado dos superiores

feedback_inadequado

Muitos superiores não têm controle sobre a maneira como expressam sua insatisfação. Eles frequentemente agem de forma desrespeitosa para com seus funcionários, o que pode causar desconforto dentro do grupo.

Os colaboradores desengajados também podem surgir porque seus chefes não sabem como tratá-los com respeito e cuidado. Isto pode levar a um sentimento de desrespeito pelas pessoas que ali trabalham. É por isso que não é raro sentir-se frustrado, descontente ou insatisfeito.

A pesquisa mostra que o desempenho dos funcionários é positivamente afetado pelo feedback correto

Portanto, é importante dar feedback regularmente para que todos possam estar cientes de como eles estão progredindo ao longo do trabalho.

10. Falta de reconhecimento

Outro motivo para o surgimento de colaboradores desengajados, corre quando o funcionário sente que está trabalhando para a empresa sem um objetivo. Quanto mais ele for recompensado por suas realizações, mais motivado ele estará para fazer um bom trabalho.

Quando isto não acontece, pode levar a uma desmotivação dentro do ambiente de trabalho. Logo, o funcionário não é recompensado pelas realizações ou pelo desempenho da equipe. Com o tempo, ele passa a não se esforçar tanto para atingir seus objetivos, já que ele possui a percepção de que não haverá benefícios em aumentar a sua produtividade.

Alguns dos problemas de motivação aqui citados, podem ser resolvidos através da organização de processos e adequação do perfil comportamental DISC ao trabalho de cada colaborador.

Deseja saber mais sobre a Assessoria Administrativa e Financeira SparkOne? Fale conosco!

O que você achou? Gostou do post? Deixe um comentário aqui compartilhando suas experiências ou dúvidas, irei adorar lhe responder!

Ei, não vá embora ainda...

Você tem uma empresa e gostaria de melhorar seus métodos de gestão

Baixe nosso ebook GRÁTIS e descubra os 10 segredos das empresas de sucesso.

Também não gostamos de SPAM, por isso, prometemos manter seu endereço de e-mail seguro